segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O MEU BOLO DE ANIVERSÁRIO


Já se passou o dia de aniversário, foi um dia tranquilo, mas bem passado na companhia das pessoas mais importantes da minha vida, e este ano ainda mais especial com os pontapézinhos do Afonso a fazerem companhia à mãe durante todo o dia. 
Quero agradecer a todas as meninas que me felicitaram neste dia , o meu muito obrigado!!!
Aqui está o bolinho que fizemos para comemorar o dia.  O filho queria fazer o bolo sozinho para me oferecer, mas como o jeitinho ainda é pouco, eu tive de dar também uma ajudinha.,para que ele se pudesse desenrrascar melhor tivemos de escolher uma receitinha simples, mas igualmente saborosa. Eu ajudei nas pesagens, a untar a forma,e tratei da parte do forno, o resto foi com ele, e não se saiu nada mal.
Aqui fica a receita:

4 Ovos
160 gr de açucar
160gr de farinha
1 colher de fermento em pó
75 gr de chocolate em pó

Misturar os ovos com o açucar, de seguida a farinha e o fermento peneirados, e por último juntar o chocolate em pó.
Untei a forma com spray desmoldante, e foi ao forno a 180º durante 25 minutos.

Para a cobertura:
170 ml de natas
150 gr de chocolate em tablete

Levar ao lume num tacho, mexendo sempre até derreter o chocolate.
Verter  por cima do bolo, espalhar com a juda de uma espátula, e decorar a gosto.

O MEU ANIVERSÁRIO


É verdade, hoje é o meu dia , faz hoje 32 anos que vim  conhecer a luz da vida.
O balanço dessa vida até agora, é positiva, com altos e baixos como em tudo, mas sem problemas de maior.
Depois volto para vos mostrar o bolinho que o filho me quis fazer, mas é claro com a minha ajuda!!!!!
Fiquem bem!!!!Um bom dia e bom começo de semana!!!!!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

BOLO DE CÔCO ENCHARCADO


Este bolo acompanhame-me desde a minha infância, desde que me lembro, quando havia alguma festa em casa dos meus pais, havia sempre este bolinho, principalmente nas festas do meu aniversário, porque é um dos meus bolos favoritos. E é claro, em minha casa continuo a fazer este bolo regularmente, e o meu filho também gosta muito deste bolo.

Ingredientes:

5 ovos
200 gr de açucar
200 gr de farinha
1 chávena de chá de côco ralado
1 chávena de café de leite
1 chávena de café de óleo (usei azeite)
raspa de uma laranja

Para a calda:

Uma chávena almoçadeira de leite morno açucarado com 3 colheres de açucar (depende do gosto)

Côco ralado para decorar

Bate-se muito bem as gemas com o açucar. Junta-se o óleo, o leite e o côco ralado, continua-se a bater e acrescenta-se a raspa da laranja.
Mistura-se aos poucos alternadamente a farinha e as claras batidas em castelo, Cozer cerca de 30 minutos, numa forma de chaminé untada com margarina e polvilhada de farinha (usei spray desmoldante).
Depois de cozido desenformar o bolo, pica-lo todo com um garfo, e ainda quente, deita-se por cima a chávena de leite quente açucarado , enfeita-se a gosto e polvilha-se com côco ralado.
Este bolo como fica muito húmido, deve-se comer com garfo, acompanhar com uma bela chávena de chá,é uma maravilha, e com o friozinho que já se faz sentir é só o que apetece!!!
Espero que gostem desta minha sugestão!!!!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

ISCAS DE FÍGADO CREMOSAS



Como já por aqui tinha dito foi-me diagnosticada uma anemia, embora não muito grave, mas na minha situação não convém muito, hoje tenho novamente consulta para ir mostrar as análises que fiz na sexta feira , vamos ver como está agora.
Como se isto não bastasse tenho-me sentido um pouco em baixo......................
Nestes dias tenho tentado fazer uma alimentação rica em ferro. Hoje traga-vos uma receitinha, simples, mas que eu  gosto,e faço muitas vezes, mesmo sem necessitar de reforço de ferro, estas íscas são de porco, mas as de vaca também são muito boas, espero que gostem!!!

Ingredientes:

500 gr de íscas de fígado de porco ou vaca
2 dentes de alho
sumo de meio limão
1 folha de louro
sal. q. b.
óleo
1 colher de sopa de margarina
1 pacote de natas

Temperar as íscas com o sal, o alho, o sumo de limão e o louro de um dia para o outro.
Fritar em óleo , em lume brando, para não endurecerem, depois de fritas retira-se algum óleo da frigideira, para não ficar com demasiada gordura, e juntar a margarina e um pacote de natas, deixar apurar o molho.
Acompanhei com um arroz branco.

Uma boa semana para voçês..............eu vou tentar arrebitar um pouco!!!!!!!Vamos ver!!!!!!!!



quinta-feira, 20 de outubro de 2011

ESPINAFRES SALTEADOS COM COGUMELOS E NATAS



Espinafes não são das coisas que mais gosto, mas com uma anemia que teima em me chatear a cabeça, e que me tira toda a energia, e me empurra quase o dia todo para o sofá, tive que me render, já que o espinafre é rico em ferro.
Prefiro muito mais comer muitoooooos espinafres do que outras coisas que me aconselharam como fígado crú (nem pensasr, gosto muito mas crú!!!!), beterraba.
Então hoje para o almoço fiz estes espinafres salteados, que até me souberam muito bem

Ingredientes:

1 caixa de espinafres ultra congelados da Iglo
1 lata de cogumelos
1 pacote de natas
1 dente de alho
azeite
sal, pimenta e noz moscada q.b.

Cozer os espinafres em água e sal, escorrer muito bem.
Num tacho colocar o azeite e fritar o alho às rodelas, mas não muito, juntar os espinafres e os cogumelos, deixar fritar até a água desaparecer por completo.
Juntar as natas, temperar com sal, pimenta e noz moscada, deixar ferver até obter a consistência desejada, eu optei por deixar secar .
Um óptimo acompanhamento quer para um prato de carne ou peixe:

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

DOCE À "MINHA" CASA


Este doce, é uma criação minha, para agradar às preferências cá de casa. É um doce muito simples, que faço imensas vezes, e que adoramos, tirando o filho que não é nada apreciador de doces, só come gelatina e mousse de chocolate.

Ingredientes:

1 pacote de pudim mandarim
1 pacote de natas
1 pacote de bolacha maria ( + -)
1 chávena de café forte
meio litro de leite
açucar
caramelo líquido
1 ou 2 folhas de gelatina

Começo por preparar o pudim conforme as instruçoes da embalagem, untar o fundo de uma taça com caramelo líquido e verter o pudim, deixar solidificar.
Molhar as bolachas no café, e colocar por cima do pudim até estar completamente coberto, bater as natas com 2 ou 3 colheres de açucar e juntar as folhas de gelatina previamente demolhadas em água.
Por fim ralar (eu costumo picar na picadora) algumas bolachas e cobrir toda a superficie.


Espero que gostem, tanto quanto nós!!!!


sábado, 15 de outubro de 2011

AÇORDA À MINHA MODA


Adoro açorda ou não fosse eu alentejana, não é verdade!!!!!
Esta é uma sopinha que faço imensas vezes quando estou sozinha para o almoço, cá em casa só eu gosto. Mas faço de maneira diferente da tradicional, ainda assim com os mesmos ingredientes, é que como é em tão pouca quantidade que acaba por ser dificil de bater os ingredientes no almofariz, então aqui vai, como eu faço, e que fica igualmente bom e com muito menos trabalho......

Ingredientes (para 1 pessoa)

1 dente de alho
1 raminho de poejo
1 colher de chá mal cheia de pimentão
2 colheres de chá de azeite
2 fatias de pão de preferência do dia anterior
1 ovo 
sal p.b
àgua

Ponho a água a ferver , tempero com sal  e ponho o ovo a escalfar.
No copo da varinha mágica, coloco o alho, o poejo (só as folhas), o pimentão e o azeite, depois do ovo estar cozido, retiro da água e deito um pouquinho de água também no copo da varinha e trituro tudo muito bem, de seguida acrescento mais um pouquinho de água.
Entretanto corto o pão aos cubinhos, coloco numa taça,o ovo e junta-se o anterior preparado, e está a nossa açordinha pronta.
Espero que esta minha ideia vos agrade!!!

Curiosidade:
Agora ao escrever o post lembrei-me de uma história que se passou comingo quando tinha para ai 10 -11 anos e que tem a ver com a çorda.
Um dia cheguei a casa à hora de almoço, mas não me agradava o que a minha mãe tinha preparado, então ela disse-me: -Olha se não queres o que aí está , faz tu outra coisa porque eu tenho de ir trabalhar e não tenho vagar. Ora bem, foi o que eu quiz ouvir, meti logo mãos à obra para fazer a minha açordinha. Quando a minha mãe chegou mais tarde perguntou-me o que é que eu tinha feito, eu disse que que tinha feito açorda, perguntou que ingredientes eu tinha posto, eu toda muito lampeira e toda contente com a proeza de ter feito a açorda sozinha, lá começei a dizer, e diz a minha mãe: -Então e não pusseste azeite?, eu respondi: -Não, ah também leva azeite?Mas não faz mal estava boa na mesma!!!!!
É com os erros que se aprende!!!!!!!!E nunca mais me esqueci do azeite,lol!!!!



quinta-feira, 13 de outubro de 2011

UMA NOTICIA ESPECIAL...............

Hoje trago-vos uma noticia muito especial, vou ser mãe pela 2ª vez, algo que já poderia ter partilhado convosco à mais tempo, mas por ter passado à cerca de um um ano pela má experiência de uma gravidez anembriónicae que me marcou muito negativamente e que me levou a uma depressão, apesar da felicidade sinto-me por vezes ainda com algum receio que alguma coisa possa vir a correr mal, e por vezes apesar de todos os sinais bem visiveis, dou comigo a pensar será que é mesmo verdade?!
Até para comprar o enxoval, pensava duas vezes, será que devo comprar já?! Mas à cerca de duas semanas para cá, depois de fazer a eco morfológica, os receios começaram a ficar de lado, já começamos a procurar as coisas que eram do mano e que podem vir a servir (que até são muitas, porque nunca dei nada) e tmb a comprar mais umas coisinhas.
Hoje lá fomos nós e compramos umas botinhas e uma fraldinha com o nome, escolhido pelo mano. Ele está tão contente!!!!


Confesso que estou bastante ansiosa para que chegue o dia, e tê-lo nos meus braços, para realmente ficar tranquila.
Já passaram 25 semanas, já faltou mais!!!!!!!!!!!!!!!!!
Já agora deixo-vos tmb uma foto da barriguinha, voçês merecem pelas palavras de carinho que manifestam em todos os vosssos comentários, e sabe sempre bem ler.

sábado, 8 de outubro de 2011

BIFES DE PORCO COM GAMBAS



Este é um prato muito apreciado cá em casa,  costumo fazer muitas vezes, hoje é  o que vos trago, tenho a certeza que também vão gostar.

Ingredientes:

Bifes de porco
Gambas
1 ramo de coentros (eu usei congelados)
3 ou 4 dentes de alho
sal, pimenta e pimentão q.b.
1 copo de vinho
1 folha de louro
Óleo ou Azeite ( eu confesso que apesar do azeite ser mais saudável, eu prefiro o óleo para os pratos de fritos)

Faz-se uma marinada com o alho picado, o sal, a pimenta , o pimentão, o louro e o vinho branco, coloca-se os bifes e deixa-se marinar de um dia para o outro.
Começo por pôr as gambas a cozer em àgua a ferver com uma mão bem cheia de sal, cascas de cebola, piri-piri e uma folha de louro. Depois de cozidas passar por água corrente para arrefecerem mais rápidamente.
Entretanto vão-se fritando os bifes um por um no óleo, quando estão já todos fritos, colocam-se todos na frigideira e junta-se a marinada  deixando cozinhar cerca de 5-10  minutos, quando o molho começa a fica apuradinho juntam-se as gambas e o ramo de coentros migados miudinhos, deixar mais 2 ou 3 minutos abanando a frigideira de vez em quando, não usar colher de pau para as gambas não se partirem.
A acompanhar umas batatas fritas e uma saladinha de alface, uma combinação perfeita.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

BOLO DE ANOS DO MARIDO


Hoje é um dia especial cá em casa, o marido faz anos, além de não fazer grande festa sempre gostamos de assinalar os dias  especiais com um bolinho para comemorar em família.
Ele não é muito "amigo" de bolos, por isso neste dia para lhe agradar ao gosto é dificil de decidir qual o bolo a fazer, estive indecisa entre este ou um bolo de bolacha, mas este pareceu-me mais adequado para a ocasião.
A receita já postei AQUI, este tem um pequeno pormenor diferente, usei pêssego em vez de ananás para variar um pouco, mas combina muito bem na mesma.
Na decoração do bolo tive a ajuda do filho que gosta sempre de ajudar para também ter um toque pessoal dele.

MUITOS PARABÈNS

terça-feira, 4 de outubro de 2011

BOLO POBRE


Este bolo tem um nome curioso, não sei ao certo, mas têm este nome porque não leva ovos. 
Faço muito este tipo de bolos assim simples, porque o meu filho ou ao deitar ou ao pequeno almoço, gosta muito de comer uma fatia de bolo e beber uma caneca de leite, e estes bolinhos são o ideal .
Como andava com alguma curiosidade em experimentar fazer bolos sem ovos, hoje decidi fazer, ficou óptimo, muito saboroso e fofinho.

Ingredientes:

12 colheres de sopa de farinha
9 colheres de sopa de açucar
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher e meia de margarina
1 copo de leite

Num recipiente misturar a farinha com o açucar e o fermento.
Derreter a margarina  e bater bem com o leite, juntar a anterior mistura e bater muito bem.
Untar uma forma com margrina ( eu usei forma de silicone e spray desmoldante) e polvilhar com açucar.
Levar ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 30 minutos.

Este é um bolo que vou repetir com toda a certeza, o sabor faz-me lembrar umas madalenas que antigamente comprava em Espanha e que eu adorava...................

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

RISSÓIS DE PESCADA


A tarde de domingo foi passada a fazer rissóis, desta vez saíram uns rissóis de pescada , que são os que eu e o filho mais gostamos.
Ingredientes para o recheio:
1 rabo de pescada grande (+/- com 1 Kg)
1 cebola grande
3 dentes de alho
1 limão
1 ramo de salsa
1 caneca de leite 
1 colher bem cheia de farinha maizena
3 gemas
 pimenta, noz moscada e sal q.b.
Azeite
1 colher de margarina

Começamos por partir a pescada em 3 ou 4 partes  e colocar a cozer , com sal e cascas de limão.
Depois de cozida limpa-se de peles e espinhas e desfia-se.( A água  da cozedura coa-se e reserva-se)
Faz-se um refogado com o azeite , a cebola e o alho picadinho muiti fininhos, quando estiver a ficar lourinho acrescenta-se a margarina refoga mias um pouco e junta-se a pescada, mexe-se um pouco e coloca-se o sumo de meio limão (depende do gosto, podem por mais) e a salsa picadinha. Mistura-se a farinha maizena com o leite e junta-se as preparado, sempre em lume baixinho e mexendo sempre, tempera-se com pimenta e noz moscada e rectifica-se o sal. Retira-se um pouco do lume para juntar as gemas para que não cozam de repente levar ao lume mais um pouco para apurar o recheio.

Ingredientes para a massa:

3 chávenas almoçadeiras de farinha
3 chávenas almoçadeiras de àgua da cozedura da pescada ( se a àgua da cozedura não for suficiente, pode acrescentar mais água ou leite)
225 gr de margarina
casca de meio limão

Colocar a água ao lume com a margarina e a csaca de limão, quando estiver a levantar fervura, retira-se a casca de limão e  deite a farinha mexendo sempre até se começar a formar uma bola a massa está boa quando começa a criar uma crosta no fundo da panela, passa-se para a bancada e amassa-se muito bem com as mãos, cuidado não se queimem que está a ferver!!!lol 
Aconselho a utilizarem uma panela anti-aderente.

Depois da massa amassada retiram-se pequenas porções de massa estica-se com o rolo(esta massa estica muito facilmente), recheiam-se com o recheio preparadao anteriormente e cortam-se. Há utensilos próprios para cortar os rissóis, mas eu prefiro cortar com copo.





Ingredientes para a guarnição:

3 ovos 
1 pacote de pão ralado

Bater os ovos, passar os rissóis um a um pelo ovo e depois pelo pão ralado, e estão prontinhos, para congelar, ou para consumir logo, mas digo-vos uma coisa não sei porque mas gosto mais deles depois de irem ao congelador.............

 Esse dia serviram logo para o nosso jantar, acompanhados com um belo arrozinho de ervilhas e cenoura.